vistoria de imóvel

Vistoria de imóvel novo: o que você deve saber antes de pegar as chaves [BÔNUS: check list para a sua primeira vistoria]

A vistoria de imóvel é uma etapa tão importante quanto a escolha do apartamento. Por meio dela, você saberá se o imóvel que está pagando é igual ao prometido. Será que os acabamentos têm qualidade e tudo está funcionando perfeitamente na elétrica e hidráulica? A vistoria vai trazer essas respostas.

Às vésperas de entrar no apartamento, é normal que a ansiedade tome conta. Você precisa controlar esse sentimento e cumprir a vistoria com tranquilidade. Mais do que um cuidado de quem vai morar, a vistoria também é importante para a construtora. É o momento em que a empresa confirma sua capacidade de entregar imóveis com excelência.

No texto de hoje, vamos tirar todas as suas possíveis dúvidas sobre vistorias em imóveis. Você vai entender a importância dessa tarefa e ter acesso a um checklist, um verdadeiro passo a passo para conferir tudo que importa no apê. Para saber como verificar a qualidade do seu futuro imóvel, siga a leitura!

 

O que é a vistoria de imóvel e qual a sua importância?

A vistoria de imóvel consiste em uma análise em todos os cômodos antes da mudança para o local. A missão do comprador é conferir se o imóvel está em perfeito estado. Para tanto, é preciso olhar, conferir, analisar e fotografar tudo. Das instalações, à pintura, das paredes, ao chão, tudo precisa ser testado e registrado.

Normalmente, a vistoria acontece com o futuro proprietário, um representante da construtora e o corretor. O proprietário pode solicitar a ajuda de um profissional de confiança, mas independentemente disso, é fundamental ter atenção e cuidado na vistoria. Esse é o único jeito de ter certeza sobre a qualidade da sua futura casa e de evitar complicações lá na frente.

Você provavelmente já ouviu alguém contando que entrou num apartamento aparentemente perfeito e que começou a apresentar problemas em pouco tempo de uso. A vistoria no imóvel, quando feita com atenção, evita essa situação. Por isso, não abra mão de uma vistoria rigorosa, analisando tudo – e é tudo mesmo – o que tem no apartamento.

 

Quando é a vistoria de imóvel na planta?

Se você comprou um imóvel na planta, também vai passar pela vistoria. Quando a obra entra na fase de acabamento, você deixa de fazer visitas por um tempo. A próxima será justamente na entrega das chaves. É nesse momento que você fará a vistoria de imóvel.

Depois de alguns meses sem ver o desfecho da obra, na entrega das chaves, o imóvel será apresentado ao proprietário. Sua missão, portanto, é conferir tudo. Se encontrar algum defeito, indique para que a construtora trabalhe na correção.

Vale lembrar que imóveis na planta costumam ter garantia da construtora, porém, é mais fácil caprichar na vistoria e apontar os problemas nessa etapa, do que solicitar reparos depois. Encontrou um piso quebrado, ou janela mal colocada? Se a resposta é sim, reclame na vistoria e peça solução.

 

Como é feita a vistoria e quais os cuidados importantes?

A vistoria de imóvel é uma tarefa que exige tempo e atenção. Não pode ser feita com pressa e de qualquer jeito. Escolha um dia tranquilo e, preferencialmente, ensolarado. Quando a data chegar, deixe a ansiedade do lado de fora, seja rigoroso e detalhista.

Pontualidade também é importante. Além de você, os proprietários de outras unidades farão vistorias nos seus imóveis. Um atraso de meros 15 minutos, toleráveis em outras circunstâncias, pode atrapalhar toda uma programação.

Ninguém precisa ser expert para realizar a vistoria. Munido dos materiais certos e de uma lista para checar as especificações do memorial descritivo, qualquer pessoa terá condições de cumprir a tarefa.

O memorial descritivo, cabe destacar, contém as informações da construção, por exemplo, o tipo de material que será usado no acabamento e suas respectivas marcas. É um documento obrigatório em qualquer obra e uma espécie de guia para a vistoria. Esteja com ele em mãos!

Por fim, lembre-se de registrar toda a vistoria. Bata fotos de tudo e use um caderninho, ou o bloco de notas do celular, para anotar o que não gostou. Seja exigente, afinal, é a sua futura casa, você pagou por ela e merece recebê-la em ótimo estado.

 

Checklist para vistoria em imóveis

Enquanto o representante da construtora repassa os detalhes da obra, você faz a vistoria de imóvel em todos os cômodos. Os critérios a se observar são os mesmos, tanto num apartamento mais modesto, quanto num imóvel maior. Você vai precisar de paciência e rigor. Para ajudar na vistoria, além do memorial descritivo, leve os itens da lista abaixo:

 

  • Esquadro;
  • Carregador de celular;
  • Lâmpada e soquete;
  • Bolinha de gude;
  • Fita métrica ou trena;
  • Balde;
  • Celular com câmera boa;

 

Com esses utensílios em mãos, é hora de checar, analisar e registrar os seguintes itens:

 

Paredes e revestimentos

Na vistoria da pintura, analise com atenção as paredes e o teto. O reboco e os acabamentos não devem apresentar defeito. Se a pintura tem manchas ou partes descascadas, é sinal de problema. Registre!

Nas quinas das paredes que formam ângulo de 90 graus, utilize o esquadro para checar se as superfícies estão retas. Se estiverem, os lados encaixam perfeitamente. Verifique se a massa corrida está bem nivelada.

Observe também as paredes com revestimento em cerâmica. Se encontrar trincas ou manchas, sinal de problema! Batidas leves nas placas ajudam a checar o assentamento. Se ouvir um barulho oco, é porque as placas podem soltar facilmente.

 

Parte elétrica

Comece pelas tomadas, verificando se a voltagem está especificada e se elas estão corretamente posicionadas. O mesmo se aplica aos interruptores e pontos de luz. Todos os circuitos devem estar indicados no quadro de luz.

Utilize o carregador de celular para conferir o funcionamento das tomadas. Com o soquete e a lâmpada de 220 v, verifique se a luz está com intensidade fraca. Se estiver normal, é uma tomada de 220 v. Se estiver fraca, é de 110 v.

Se o apê tem interruptores paralelos, verifique se estão em sintonia. Não esqueça de testar também a campainha. Caso o apartamento não tenha energia elétrica na vistoria, registre e peça uma nova visita.

 

Pisos e contrapisos

Você deve analisar se algum piso está quebrado, arranhado ou com manchas. Verifique o nível da massa corrida, os rejuntes e a qualidade do acabamento entre os pisos. No caso do contrapiso, precisa checar se existe algum desnível. A bolinha de gude pode revelar diferenças. Confira bem os acabamentos na transição dos pisos.

 

Tamanho do apartamento

Trouxe trena ou fita métrica? Você deve usá-las para medir todo o apartamento. Vale lembrar que o preço dos imóveis é calculado com base nas medidas que constam no memorial descritivo. Ou seja, qualquer diferença na metragem pode acarretar em indenização ao proprietário.

 

Parte hidráulica

A vistoria de imóvel deve ser criteriosa na parte hidráulica. Abra todas as torneiras para checar o fluxo e o escoamento da água. Caso alguma pia tenha aquecimento, confira o funcionamento. Com as torneiras abertas, observe debaixo da pia. Se tiver gotas no sifão, é sinal de vazamento.

Nos banheiros, teste a pressão da descarga dos sanitários e a quantidade de água emitida. Em algum momento da vistoria do imóvel, abra todas as torneiras ao mesmo tempo. Se a pressão de água for baixa, questione e registre.

Onde o apartamento tem ralos, confira o caimento. Despeje água utilizando o balde e veja se ela flui para o lugar certo. Teste os registros e não aceite riscos ou manchas nos metais do banheiro.

 

Portas, janelas e maçanetas

Janelas e portas abrem e fecham corretamente, sem nenhum ruído? No caso das portas de madeira, verifique se a tinta e o verniz foram bem aplicados. As janelas devem estar bem vedadas, evitando futuras infiltrações. Nem o vento pode passar! Os vidros não podem apresentar rachadura. Ainda em relação às janelas, teste os fechos, analise as entradas de luz e a circulação do ar.

Lembre-se de testar as maçanetas das portas, por dentro e por fora. Elas devem estar devidamente instaladas e sem arranhões ou manchas. Bata de leve em tudo que for de madeira. Se encontrar pó, os cupins chegaram no apê antes de você. Registre!

 

O papel da construtora na vistoria

Terminada a vistoria de imóvel, se tudo estiver em perfeito estado, você assina o termo de vistoria e poderá entrar, em breve, no apartamento. No entanto, se encontrar algum problema, é preciso informar o representante da construtora. Uma empresa séria, com credibilidade estará tão interessada quanto você nas soluções.

Caso seja algo simples, o problema pode ser resolvido em poucos dias. Se for algo mais complexo, pode demandar um prazo um pouco maior, mas com limite de 30 dias. Depois disso, uma nova vistoria deve ser agendada. 

Você não precisa temer qualquer desgaste com a construtora em função da vistoria. Empresas sérias trabalham para entregar o melhor aos seus clientes e entenderão eventuais reclamações. Desde que tudo seja feito com respeito, não haverá desavenças e os problemas serão prontamente resolvidos.

Você deve assinar o termo de vistoria somente quando se sentir satisfeito. Depois disso,  em perfeitas condições de uso, o apartamento será lacrado, aguardando a chegada dos novos moradores.

E então, se sente mais preparado para a vistoria de imóvel? Agora você sabe tudo que precisa para checar a qualidade do seu apartamento. Continue acompanhando o blog da MTF para ler mais conteúdo relevante sobre o mercado imobiliário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *