sair-do-aluguel

5 passos para sair do aluguel em 2024 e conquistar a casa própria

Na escala de importância do brasileiro, a meta de sair do aluguel está à frente de ter negócio próprio, comprar um carro e até dos filhos. É o que mostra uma pesquisa do Instituto Datafolha encomendada por uma plataforma de moradia. Conforme reportagem da Bloomberg Línea, numa escala de zero a dez, a casa própria obteve 9,7 pontos, a mesma da profissão. Só depois disso o brasileiro pensa em negócio próprio (8,8), carro (8,5) e filhos (7,9).

Diante desses dados, fica evidente que o sonho da casa própria, ou apartamento, ainda é um dos mais comuns entre os brasileiros. Muitas dessas famílias, entretanto, não enxergam caminhos para sair do aluguel, levando em consideração que os preços dos aluguéis residenciais subiram 16,16% em 2023, mais que o triplo da taxa de inflação do mesmo período. 

E foi justamente pensando nessas pessoas que preparamos este artigo. Também ajudamos quem quer saber como sair do aluguel ganhando pouco. Para isso, desenvolvemos os seguintes tópicos:

  • Por que vale a pena sair do aluguel?
  • Passo a passo para se organizar e sair do aluguel
  • Quer ajuda para escolher o futuro imóvel?

Quer deixar de compor a estatística e sair do aluguel? Então, siga a leitura!

 

Pagar aluguel ou investir em um imóvel?

Muitos consideram o aluguel como um passo necessário em direção à independência, mas após um período como inquilino, é natural questionar se todo o dinheiro gasto poderia ter sido investido em um patrimônio próprio. E é aí que surge a questão: vale a pena continuar pagando aluguel ou é hora de investir em um imóvel?

Ao contrário do aluguel, as parcelas do financiamento de um apartamento têm prazo para acabar. Ao final, você terá um imóvel quitado e a segurança de poder permanecer nele pelo tempo que desejar. Além disso, adquirir um imóvel abre portas para a obtenção de renda extra com aluguel anual ou de temporada. Mais do que simplesmente “jogar dinheiro fora”, você estará agregando valor ao patrimônio familiar e garantindo um futuro tranquilo no quesito moradia.

A decisão de investir em um imóvel também oferece vantagens imediatas. Com o dinheiro que seria destinado ao aluguel, você pode realizar sonhos como viajar para destinos nacionais e internacionais, comprar um carro novo ou até mesmo investir em outras fontes de investimento para garantir uma vida financeira mais estável.

Outra grande vantagem de sair do aluguel é a liberdade para fazer melhorias e reformas na casa conforme desejar. Enquanto quem mora de aluguel está sujeito às decisões do proprietário, ao tornar-se dono do imóvel, você tem o controle total sobre sua moradia, podendo personalizá-la de acordo com seus gostos e necessidades.

 

Perspectiva de valorização

Além disso, a perspectiva de valorização é um fator poderoso a ser considerado. Com o passar dos anos, os imóveis tendem a se valorizar, especialmente se estiverem bem localizados e em regiões com potencial de desenvolvimento. Se comprar um imóvel na planta, a chance de valorização se multiplica.

Investir em um imóvel pode proporcionar não apenas a realização do sonho da casa própria, mas também um retorno significativo sobre o investimento no futuro.

Diante dessas vantagens e oportunidades, sair do aluguel pode ser a escolha certa para garantir não apenas um lar, mas também segurança financeira e estabilidade para você e sua família.

Investimento imobiliário em 2024

No atual cenário do mercado imobiliário, investir em propriedades continua sendo uma opção atraente para muitos brasileiros. Como já mencionamos, em 2023, os preços dos aluguéis residenciais subiram 16,16% – mais que o triplo da taxa de inflação anual – destacando a crescente demanda por moradias. 

Além disso, o mercado imobiliário está se adaptando às novas demandas dos consumidores, com um aumento na procura por imóveis que ofereçam espaços flexíveis para home office e áreas de lazer privativas. Com o avanço da tecnologia e das facilidades de comunicação, muitas pessoas estão optando por trabalhar remotamente, o que torna esses atributos ainda mais valorizados.

Outro ponto a ser considerado é a retomada da economia e o aumento da confiança dos consumidores, o que pode impulsionar o mercado imobiliário em 2024. Com taxas de juros ainda atrativas e condições favoráveis de financiamento, muitos estão aproveitando para realizar o sonho da casa própria ou expandir seu portfólio de investimentos imobiliários.

Portanto, investir em imóveis em 2024 pode ser uma estratégia inteligente para quem busca segurança, estabilidade e retorno financeiro a longo prazo. Com as mudanças no cenário econômico e as oportunidades oferecidas pelo mercado, aqueles que estiverem bem informados e preparados podem colher os frutos de um investimento sólido e rentável no setor imobiliário.

 

Passo a passo para se organizar e sair do aluguel

Você quer sair do aluguel, mas não sabe por onde começar? A melhor maneira de fazer o seu plano virar realidade é por meio da organização. E, se você não mora sozinho, esse não é um trabalho só seu, mas de toda a sua família. O primeiro passo é deixar a vida financeira em dia, mas tem outros. Confira!

 

1. Organizar as finanças

Se você ainda não tem uma planilha de gastos, a hora é agora! Coloque na ponta do lápis todos os seus gastos, desde o aluguel até a ração dos animais de estimação. Esse controle será essencial para identificar onde é possível mexer. 

Se você quer sair do aluguel, precisa guardar dinheiro e, considerando que a renda do brasileiro está sendo corroída pela alta inflação, é preciso fazer alguns sacrifícios.

 

2. Cortar gastos desnecessários

Depois de relacionar todos os gastos, você tem que selecionar aqueles que podem ser considerados desnecessários. Fazer as unhas toda semana no salão, realizar churrascos de forma frequente em casa e ir três a quatro vezes por semana ao mercado são exemplos de gastos desnecessários.

É claro que você não precisa abdicar de toda forma de lazer, mas vai precisar cortar gastos em alguma frente. Além de economizar no que é supérfluo, vale a pena analisar se é possível reduzir as despesas obrigatórias, a exemplo das contas de água e luz. O ideal é ter metas específicas, entre as quais:

  • Economizar 20% dos rendimentos;
  • Reduzir de 4 para 2 vezes por mês os churrascos;
  • Optar pelo transporte público ao invés do carro;
  • Eliminar o uso do cartão de crédito;
  • Mudar para um aluguel mais barato. 

 

3. Poupar dinheiro

O terceiro passo é o que vai, efetivamente, ajudar você a dar a entrada no imóvel próprio, seja casa ou apartamento. Depois de observar quais são os seus gastos desnecessários e cortá-los, ou diminuí-los, você tem que guardar o dinheiro que sobrar. 

O caminho pode ser uma poupança ou então algum investimento que garanta retorno, como o tesouro direto. Uma coisa é certa: de nada adianta poupar por meses consecutivos, deixar o dinheiro na conta e usar na primeira emergência. É claro que eventuais necessidades podem surgir na sua rota até a casa própria. Mas, procure ser rigoroso com o dinheiro que tem outro destino: fazer você sair do aluguel.

 

4. Planejar com a família

Você já tem um relacionamento duradouro e filhos? Ótimo! Então, é provável que todos se mudem para a nova casa e aproveitem as vantagens de sair do aluguel. Mas, para que isso se torne uma realidade, todo mundo precisa colaborar.

O ideal é ter uma conversa franca com todos, inclusive os pequenos, explicar os objetivos e pedir uma união de esforços. Os adultos precisam compreender que os momentos de lazer podem ter que ficar em segundo plano, mas é apenas por um tempo. 

Os pequenos precisam entender que os pais não podem comprar tudo que eles querem. E todos precisam cuidar dos desperdícios em casa. Ficar menos tempo no chuveiro, e não deixar luzes e aparelhos elétricos ligados sem necessidade são caminhos.

A vida não precisa ficar monótona e perder a graça. Mas, em vez de gastar no cinema, por que não fazer uma sessão pipoca em casa reunindo todos? 

 

5. Procurar o imóvel ideal

O primeiro passo para sair do aluguel foi dado, agora, vem a melhor parte: procurar o imóvel ideal! Sabemos que a ansiedade é grande, e é natural que seja, mas a escolha do apartamento certo só vem depois de muita pesquisa. 

Você tem que considerar diversos aspectos, entre os quais, localização, infraestrutura, área de lazer e tamanho do imóvel. Priorize construtoras com excelência no histórico de entregas. Além disso, é fundamental conhecer bem a documentação necessária para comprar um imóvel.

É importante lembrar que o valor do financiamento pode comprometer, no mundo ideal, 30% do orçamento familiar. Leve isso em consideração na seleção e avaliação dos imóveis. Para a entrada, você pode utilizar o valor que estava poupando e o saldo do seu FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço).

 

Quer ajuda para sair do aluguel?

E então, está mesmo pensando em sair do aluguel? Se a resposta é sim, pode contar com a gente! A Construtora MTF tem empreendimentos que se destacam pelo excelente padrão de acabamento. Acreditamos que morar bem muda tudo e, por isso, entregamos produtos com áreas de lazer únicas.

E sabe o que é melhor? Você não precisa ficar anos e anos guardando dinheiro para conseguir comprar seu sonhado imóvel. É possível fazer o financiamento direto com a construtora e também aproveitar os preços mais acessíveis dos imóveis na planta.

 

Saia do aluguel com a Construtora MTF

Ao longo dos anos, a Construtora MTF consolidou sua posição como uma das principais referências no mercado imobiliário catarinense, especialmente em Governador Celso Ramos. Com mais de uma década de experiência, a empresa não apenas construiu empreendimentos de alto padrão, mas também contribuiu significativamente para o desenvolvimento e reconhecimento turístico da região.

O sucesso e a credibilidade da MTF são evidenciados pelos números impressionantes: mais de 195.000m² em projetos criados, mais de 400 apartamentos vendidos e uma taxa impressionante de 99% de imóveis vendidos antes da conclusão das obras. Esses números refletem não apenas a qualidade dos empreendimentos da construtora, mas também a confiança e satisfação dos clientes.

Além disso, a MTF continua a expandir seus horizontes, investindo em outras cidades e contribuindo para o desenvolvimento de novas regiões. Com um compromisso contínuo com a excelência e a inovação, a construtora oferece aos clientes não apenas imóveis de alta qualidade, mas também um estilo de vida exclusivo e sofisticado. 

Ficou interessado? Então, conheça os empreendimentos da Construtora MTF e saia do aluguel hoje mesmo!

Um comentário em “5 passos para sair do aluguel em 2024 e conquistar a casa própria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *