financiamento-direto-com-a-construtora

Entenda como funciona e quais os benefícios do financiamento direto com a construtora

O financiamento direto com a construtora é uma das opções disponíveis para quem está querendo comprar um imóvel. Na modalidade, é possível financiar tanto um lançamento, quanto um imóvel na planta. E o que é melhor: não precisa pedir crédito em nenhum banco.

Pessoas na mesma situação que você, ou seja, querendo comprar imóveis, precisam tirar todas as dúvidas sobre os diferentes financiamentos imobiliários. Essa é a melhor forma de chegar a opção ideal, considerando o perfil de cada comprador. Neste artigo, explicamos os aspectos mais importantes de financiar com uma construtora e abordamos:

 

  • Como é o financiamento direto com a construtora;
  • O financiamento de imóveis na planta;
  • As vantagens do financiamento direto com a construtora;
  • O financiamento com a Construtora MTF;
  • Como é a simulação de financiamento com uma construtora.

 

Quer conhecer os detalhes do financiamento direto com a construtora e avaliar se é uma opção interessante para você? Então, siga a leitura!

 

Como é o financiamento direto com a construtora

O financiamento direto com a construtora é uma negociação entre você e a empresa que vai erguer – ou já ergueu – o empreendimento. Para isso, as duas partes formalizam um contrato de financiamento. O documento determina os juros da operação e as condições gerais do acordo.

O financiamento direto não segue as normas dos bancos, por exemplo, o SFH (Sistema Financeiro de Habitação). Com isso, os juros aplicados não são os mesmos dos bancos. Além disso, os prazos de pagamento são menores e você não pode usar o FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) no início da operação.

Por outro lado, a aprovação do financiamento direto com a construtora é muito mais flexível do que no caso das instituições bancárias.

 

Para quem é indicado

Em muitos casos, quem procura o financiamento com a construtora não obteve sucesso no financiamento com um banco. A construtora apresenta novas condições, também solicita comprovação de renda e faz uma análise de crédito. Nem sempre a empresa vai aprovar o financiamento.

O comprador consegue negociar o valor da entrada e das prestações. A construtora também pode cobrar um valor simbólico na entrada, em vez de 20% do valor do imóvel. O apartamento será pago em parcelas ao longo dos meses do contrato.

Quem está com o “nome sujo” não consegue fazer o financiamento direto com a construtora. A empresa também vai analisar se a pessoa tem ou não capacidade financeira de comprar o imóvel e honrar os pagamentos. Quem não possui renda formal terá os extratos bancários avaliados, além do IR (Imposto de Renda).

 

O financiamento de imóveis na planta

Uma das grandes vantagens do financiamento direto com a construtora é poder financiar um imóvel na planta. Esse tipo de operação, no entanto, tem algumas peculiaridades. A principal delas é o prazo.

Se você tem urgência para mudar de apartamento, não é a melhor opção. Um imóvel na planta ainda precisa ser construído, ou seja, você tem que esperar o tempo da obra, que pode sofrer atrasos.

Mas, se você não tem pressa de entrar no imóvel, a compra na planta é bem vantajosa. A seguir, listamos o que você precisa saber de mais importante sobre imóveis na planta:

 

  • Entrega das chaves: normalmente, a entrega das chaves leva de um a três anos. A construtora é quem informa o prazo.
  • Pagamento: as construtoras são mais flexíveis. A entrada é bem mais acessível.
  • Correção monetária: não há cobrança de juros na fase de construção, apenas frações do valor financiado. Esse valor é corrigido pelo INCC (Índice Nacional de Custo de Construção).
  • Reputação da construtora: pesquise sobre a construtora. Se a empresa tem histórico de problemas estruturais ou atrasos em outros empreendimentos, você pode estar diante de um mau negócio.
  • O seu apartamento: Um imóvel adquirido na planta pode ser customizado. É possível alterar as áreas dos cômodos e até o acabamento. As variações dependem de cada construtora.

 

As vantagens do financiamento direto com a construtora

Muitas pessoas acabam fazendo o financiamento direto com a construtora por causa das vantagens. A seguir, detalhamos os principais benefícios desse tipo de negociação.

 

Flexibilidade na aprovação

As construtoras são mais flexíveis do que os bancos na aprovação do crédito imobiliário. Elas inclusive dispensam entradas que chegam a 20% do total da operação. Além disso, como está negociando direto com a construtora, você não precisa reunir os documentos do imóvel.

 

Somente imóveis novos

Você vai adquirir um imóvel na planta ou um lançamento. Isso significa que, ao entrar no apartamento, não vai se preocupar tão cedo com problemas estruturais, que são comuns nos apartamentos mais antigos. As instalações elétricas também devem estar em perfeito estado.

 

Condições melhores de pagamento

O financiamento direto com a construtora também oferece melhores condições de pagamento. No comparativo com os bancos, as construtoras costumam ser bem mais flexíveis. Cabe ressaltar que, em relação ao prazo de financiamento, o período é menor na negociação com as construtoras. O total de parcelas fica a critério da empresa. Algumas aceitam até 60 parcelas, outras mais de cem.

 

Promoções

Algumas construtoras também conseguem oferecer descontos para quem pretende investir em apartamentos. Eles podem ser bem significativos no caso dos imóveis na planta. É importante, para a empresa, negociar algumas unidades com rapidez, enquanto os trabalhos seguem no canteiro de obras. O comprador, por sua vez, encontra excelentes oportunidades.

 

Ganhos com a valorização

Se você quer lucrar na compra e revenda de imóveis, aqueles situados em regiões em pleno desenvolvimento tendem à valorização. Ou seja, você adquire o apartamento por um valor X e, alguns anos depois, ele passa a valer muito mais. Imóveis novos e bem localizados ganham valor de mercado, beneficiando o comprador em futuras negociações.

 

Juros só no fim da obra

Outra grande vantagem de financiar direto com a construtora é a possibilidade de fazer a compra do imóvel na planta e se organizar financeiramente. Nesse caso, a cobrança de juros só ocorre depois que o empreendimento estiver pronto. Na fase de construção, a pessoa paga apenas a amortização, ou seja, uma fração do saldo devedor.

 

Negociação sem intermediários

No financiamento direto com a construtora, você está lidando com uma grande empresa, o que reduz as chances de fraudes e golpes. Além disso, os financiamentos com os bancos são mais burocráticos e podem exigir serviços de intermediários, o que encarece a operação.

 

Método price

Assim como os bancos, as construtoras possuem mecanismos para reduzir a inadimplência nos financiamentos imobiliários. Para a amortização da dívida, as construtoras utilizam o método Price, dividindo o valor correspondente ao saldo devedor em parcelas iguais. As parcelas variam com o tempo, em função das necessárias correções monetárias.

 

FGTS

É possível utilizar o FGTS para a compra do imóvel no financiamento direto com a construtora. A diferença, entretanto, é que você só pode acionar o recurso para quitar ou amortizar a dívida. O Fundo de Garantia não pode ser usado como entrada.

 

Financiamento com a Construtora MTF

A Construtora MTF, que atua na Grande Florianópolis e está há mais de dez anos no mercado, financia imóveis para seus clientes. No financiamento direto com a MTF, os pagamentos são baseados em dois fatores: CUB e IPCA. Funciona da seguinte forma:

 

  • Durante a obra – Correção pelo CUB;
  • Após a obra – IPCA + 0,85%.

 

O CUB (Custo Único Básico) surgiu nos anos 1960 e é um dos principais indicadores na construção civil. É um parâmetro de custo do setor. Foi criado justamente para equilibrar a formação de preços do mercado imobiliário. O CUB permite que o custo do projeto seja estimado com maior precisão. O cálculo é mensal e considera os valores dos produtos e serviços relacionados à atividade nas diferentes regiões.

Já o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) surgiu em 1979 e é um dos índices inflacionários mais relevantes do Brasil, conforme artigo do InfoMoney. O IPCA mede, no consumo das famílias brasileiras, a variação de preços de um conjunto de produtos e serviços de varejo. 

A MTF é muito compreensiva na aprovação do financiamento direto com a construtora e busca sempre flexibilizar as propostas para chegar a parcelas menores e um pagamento mais atrativo para o comprador. Hoje, a construtora chega a um ato de 15% do valor, uma negociação flexível se comparada com outras construtoras.

 

Como é a simulação de financiamento com uma construtora

Na maioria dos casos, quem opta pelo financiamento direto com a construtora consegue simular a operação. Os simuladores possuem campos, que são preenchidos com informações do comprador. Com isso, a empresa identifica o financiamento possível para cada perfil.

Antes inclusive de estipular valores para o imóvel, a ferramenta mostra o limite de crédito do comprador. Também revela o montante que a pessoa pode financiar e o valor máximo que pode pagar nas prestações, considerando a renda.

As construtoras calculam as parcelas mensais e detalham as condições de pagamento. A simulação, aliás, é o passo inicial de um financiamento direto com a construtora. Só depois vêm etapas, como a análise de crédito e dos documentos do comprador. Com tudo aprovado, a construtora emite o contrato de financiamento, que é assinado pelas duas partes.

 

Gostou da leitura? Agora você sabe tudo sobre o financiamento direto com a construtora. Continue navegando aqui no blog da MTF para conhecer ainda mais o mercado imobiliário.

 

comprar imóvel

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *